Sem pistas, polícia do AM continua buscas por família desaparecida

Família do Amazonas desapareceu durante viagem a Roraima (Foto: Reprodução/TV Amazonas)

Família do Amazonas desapareceu durante viagem a Roraima (Foto: Reprodução/TV Amazonas)

Um helicóptero da Polícia Militar deve continuar nesta terça-feira (29) as buscas pela família amazonense desaparecida na semana passada após uma viagem para Roraima. De acordo com a PM, a aeronave saiu de Manaus nesta segunda-feira (28) e chegou até uma reserva indígena no estado vizinho, mas teve que retornar por conta do mau tempo.

Ao G1, a PM informou que as buscas estão sendo feitas na estrada BR-174, rodovia que liga os dois estados. A AM-010 também passa por mapeamento, assim como todas as áreas por onde a família pode ter passado.

Além da Polícia, a Secretaria Executiva de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), o Governo de Roraima e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) também participam das buscas.

De acordo com a PRF, nenhum acidente envolvendo a família foi registrado neste período. Em Boa Vista, o caso é acompanhado pela Delegacia de Homicídios. No entanto, não há nenhum tipo de informação que leve à suspeita de que a família tenha sido morta.

Entenda o caso
O representante comercial Levy Oliveira Nascimento, de 32 anos, a esposa, Gislane Santos Mesquita Nascimento, de 34 anos, e o filho do casal, Ian Levy Mesquita Nascimento, 6 anos, desapareceram antes de chegar a Manaus, segundo familiares e amigos. O último contato com a família, que mora na capital amazonense, ocorreu às 10h48 de sexta-feira (25), quando estavam de saída da cidade. O veículo utilizado pela família é um Honda City, de cor cinza escuro e de placa NON-9378.

Casal Gislane do Nascimento e Levy do Nascimento saiu de Roraima na sexta-feira (25) (Foto: Arquivo Pessoal)
Casal Gislane do Nascimento e Levy do
Nascimento saiu de Roraima na sexta-feira (25)
(Foto: Arquivo Pessoal)

Eles seguiram pela BR-174, rodovia que liga os dois estados. De Boa Vista até Manaus são aproximadamente 785 km. Seguindo de carro, o percurso pode durar de 8 a 10 horas com velocidade entre 80km/h a 110km/h, velocidade permitida na rodovia.

Até esta segunda-feira (28), ainda não havia novidades sobre o desaparecimento. Foi registrado boletim de ocorrência no 5º Distrito Policial, em Boa Vista, e também na Polícia Civil do Amazonas.

Davi Nascimento, irmão do representante comercial, informou que Lev foi para Boa Vista na segunda-feira (21) à trabalho e, na quarta-feira (23), a esposa e o filho chegaram à cidade de avião para fazer compras na Venezuela. “Eles vieram para voltarem todos juntos de carro para Manaus. Na quinta-feira [24], provavelmente, eles seguiram para Santa Elena [de Uairén] e na sexta-feira saíram de Boa Vista sentido Manaus, mas até agora não temos informações deles”, relatou.

Qualquer informação pode ser repassada para o telefone (92) 9248-5681 (Davi) ou pelo disque-denúncia 181.


O que você achou? Deixe sua opinião.

Todos os direitos reservados © 2005 / 2014 - AGENDA CALDAS PORTAL MULTIMÍDIA    //    Desenvolvido por ATLANTON | Agência Web

Scroll to top